Site specific Henrique Oliveira

Desde 2010, quando foi criado, o Instituto PIPA se empenha em apoiar, ajudar a documentar e a promover a arte contemporânea brasileira. Em 2018, o Instituto investiu em mais uma obra de grande relevância para a coleção: um site specific de Henrique Oliveira, artista indicado ao Prêmio em 2010, 2011 e 2012. A instalação permanente foi pensada para ocupar a escada principal da Villa Aymoré e é a primeira site specific do artista no Brasil.

Henrique Oliveira é conhecido por seus trabalhos de grande escala em madeira compensada, muitas vezes resgatada de restos usados em obras e construções. Ao longo de sua trajetória, seus trabalhos foram se desprendendo da parede para tomar o espaço, ganhando curvas, dimensões internas e externas.  Usando tapumes, lascas de madeira, cola e grampo, o artista constrói instalações que lembram troncos de árvores cuja presença afeta o espaço arquitetônico.

Para a realização do site specific na Villa Aymoré, Henrique Oliveira e sua equipe trabalharam por cerca de três meses, divindindo o processo em etapas. Primeiro, o artista fez um rascunho em papel. Em seguida, construiu o esqueleto da instalação, que foi então encorpada com papel machê triturado com cola e depois envolvida com a madeira antiga, reutilizada, do tapume, que marca a estética rústica da obra.

Durante o desenvolvimento da obra, Oliveira decidiu expandir o projeto inicial e criou novas ramificações na instalação, como é possível notar pela mudança no rascunho e no trabalho finalizado nas fotos acima. A última parte do processo foi revestir a própria escada da Villa – que já tinha uma estrutura de madeira – com o compensado, para que o trabalho tivesse uma unidade estética que reforçasse a impressão de que o tronco nasce da escada e vice-versa.

Inserida num local cujas cores e texturas já eram próximas ao trabalho, as ripas de madeira se transformam em elementos que se aproximam da arquitetura do edifício. Dessa forma, cria-se um embate entre natureza e cultura, uma vez que a instalação se projeta no espaço, sugerindo uma espécie de retomada da natureza de um território que fora ocupado pela construção.

Como observou Luiz Camillo Osorio em conversa com o artista e Gabriela Davies, curadora da Villa Aymoré, o fato do trabalho estar instalado numa escada é também curioso: “a escada se transforma em escultura e a escultura em um meio de circulação”, provocando um estranhamento e um deslocamento da percepção comum daquele espaço. A inauguração do site specific aconteceu no dia 08 de dezembro, junto com a abertura da exposição “Entre ruína e construção”. Confira no vídeo abaixo a opinião de quem foi visitar a estreia de “Desnatureza 3”.

Galeria de fotos

Confira o processo de montagem da obra em timelapse:

Posts Relacionados

Clipping | Site specific de Henrique Oliveira no Globo
Henrique Oliveira conversa com Luis Camillo Osorio e Gabriela Davies sobre site specific
Curadora da Villa Aymoré observa a importância de site specific para o conjunto cultural
Diretor executivo da Casa Jacarandá explica como site specific acrescenta à Villa
Assistente de site specific relaciona trabalho de Henrique Oliveira à consciência ambiental
Assistente de Henrique Oliveira, Mário Togni, aponta singularidades da site specific
Conceito da instalação de Henrique Oliveira se funde com a história da Villa Aymoré